Claves Literárias #11


Na coluna Claves Literárias a Aione relaciona o mundo musical com o mundo literário. 

Oi gente!

Depois de bastante tempo, estou de volta com mais uma Clave Literária pra vocês :)


O livro da vez é um dos mais falados do momento. É um que, mesmo pertencendo a um gênero que nem sempre me agrada, me surpreendeu por ir além do que os livros do tipo costumam ir.

Amada Imortal é um livro jovem, sobrenatural, que mescla mistério com romance e fantasia. Mas, acima de tudo, o livro é reflexivo por todo o enredo - e foi justamente isso o que mais me agradou.

Vocês podem ver a resenha feita pelo Igor clicando aqui. De qualquer forma, basta dizer que Nasty está em busca de si mesma. 



“Estava no meu sangue. Eu sabia. Uma escuridão. A escuridão. Eu a tinha herdado, assim como a imortalidade e os olhos negros. Eu tinha resistido quando era mais jovem. Tinha fingido que não estava lá. Mas em algum momento, no caminho, parei de lutar, cedi a ela. Por muito tempo, corri com ela ao lado. Mas naquela noite, a escuridão que me seguia havia mais de quatrocentos anos despencava sobre mim com um peso sufocante, e agora eu odiava a coisa horrível em que eu tinha me transformado.”

página 31

Dentre tantos quotes, esse é o que, para mim, melhor resume a situação da protagonista. Sendo assim, a música que me lembrou completamente o livro não poderia ser outra que não Shake It Out, da banda Florence + The Machine.


Quem quiser ouvir a música, basta clicar na imagem abaixo!





Florence and The Machine - Shake It Out




Remorsos se acumulam como velhos amigos
Aqui para reviver seus momentos mais sombrios
Não vejo uma saída, não vejo uma saída
E todos os monstros saem para brincar




E cada demônio quer seu pedaço de carne
Mas eu gosto de guardar algumas coisas pra mim
Gosto de deixar minhas questões desenhadas
É sempre mais escuro antes do amanhecer




            E eu fui tola e cega
Nunca consigo deixar o passado pra trás
Não vejo uma saída, não vejo uma saída
Estou sempre carregando esses peso nas costas







E o nosso amor gerou um ruído de sofrimento
Essa noite eu enterrarei esse peso na terra
Pois gosto de deixar minhas questões desenhadas
É sempre mais escuro antes do amanhecer

 Liberte-se, liberte-se
Liberte-se, liberte-se, oh whoa
Liberte-se, liberte-se
Liberte-se, liberte-se, oh whoa
E é difícil dançar com um demônio nas costas
Então, sacuda-o, oh whoa




E eu cansei desse meu coração sem graça
Então, esta noite vou arrancá-lo e recomeçar
Pois gosto de deixar minhas questões desenhadas
É sempre mais escuro antes do amanhecer


E é difícil dançar com um demônio nas costas
E com metade de uma chance
Eu tomaria alguma coisa de volta?
É um romance legal, mas me deixou tão desfeita
É sempre mais escuro antes do amanhecer



E estou condenada se eu fizer
E condenada se não fizer
Então, estou aqui para brindar no escuro
Ao final da minha estrada
E estou pronta para sofrer
E pronta para ter esperança
É um tiro no escuro mirando direto na minha garganta
Pois buscando pelo paraíso, encontrei o demônio em mim
Buscando pelo paraíso, encontrei o demônio em mim
Bem, que se dane
Vou deixar acontecer comigo



E ai, o que acharam?Particularmente, acho que a música - além de me arrepiar - tem tudo a ver com o livro e com Nasty.

Beijos pra todos, e até a próxima Clave!


6 comentários:

  1. Adorei a escolha da música! Não li o livro ainda, mas tenho certeza que quando for ler vou lembrar da música haha'

    Beijo;*
    Naty.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nati :)

      Eu gostei um bocado da música também. Eu li o livro e parece demais. A Aione acertou em ceio dessa vez.

      Abraços.

      Excluir
  2. Oi Mi, tem tudo a ver com o livro mesmo, eu amei o livro, mas a letra dessa música não conhecia, Florence é linda mesmo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rafa ;)

      Eu também não conhecia a letra da música, mas quando parei pra ligar a história da Nasty com a clave... Poxa, muito bom.

      Abraços!

      Excluir
  3. Doida para ler Amada Imortal. Gostei do livro. Mas o ruim foi que vi umas resenhas bem pra baixo dele, e isso me deixou com o pé atrás...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, pode ler Cristiane. É muito bom!

      Abraços. :)

      Excluir

 
Layout desenvolvido e editado por Igor Gouveia