Ler é abrir janelas!

Oi gente, hoje venho com um post diferente. Nele vou tentar mostrar algumas coisas que sinto em relação ao mundo literário. Acho que vocês vão gostar. Essa é uma possível coluna do blog, portanto está em fase de testes.
Estava lendo uma revista e vi uma matéria bem interessante. Nela os jornalistas estavam mostrando a quantidade de jovens que substituem a prática da leitura por outras coisas como festas, tecnologia e todo esse ar de modernidade. Achei bem assustador saber que cerca de 41% dos jovens de hoje não lêem. A pesquisa mostrou que hoje, eles preferem as novas tecnologias. Eu particularmente gosto muito da internet, posso fazer várias coisas legais, além de interagir com as pessoas, mas pra ser sincero eu gosto mesmo é de livro, essa coisa anacrônica e divertida que nós encontramos em cada nova página.
É talvez um problema de geração, já que grande parte da população cresceu sem alternativas consistentes ao livro. Mesmo com tantas bibliotecas, livros disponíveis, feiras e outras coisas, a TV, os vídeo games e o próprio mundo virtual tirou o pequeno costume que os jovens tinham na leitura.
Eu gostaria muito que essa triste realidade se revertesse. Pois acho que quem possui um livro jamais estará só. A leitura deveria ser passada para cada criança e adolescente como uma busca divertida e prazerosa, que pode muito bem substituir uma ida ao cinema, horas na frente do vídeo game e até mesmo uma ida a praia sem qualquer remorso. 
Participar da história de um livro não é o único prazer que ele oferece. Há uma coisa mágica, diferente e independente: o prazer de tocar, de sentir e de ter.
Acredito que uma boa leitura transforma quem ler. Ela transforma, muda o jeito de pensar, pois ela é mágica. Quem duvidar dessa afirmação tente ainda hoje: troque uma hora de televisão pela leitura de algumas páginas de um livro. Não precisa ser um clássico, uma obra reconhecida. Garanto que o resultado será altamente compensador.  Por isso digo que ler é abrir janelas. A cada novo livro lido, a cada nova página um mundo diferente é aberto e mostrado para nós. Nada melhor do que viajar por diversos lugares só lendo algumas entrelinhas. 
Decidi fazer esse post pra mostrar pra vocês que leem, pra quem apenas visita os blogs literários e pra mim que uma leitura vale muito mais do que certas coisas.
Espero que tenham gostado, pois adorei escreve sobre uma de outras opiniões que tenho sobre esse nosso pequeno, grande universo literário.

27 comentários:

  1. ADOREI Igor! Super verdade! Mas tem que tomar cuidado também pra não virar viciados em livros como nós né? kkkk Beijos! / Tainá

    ResponderExcluir
  2. Não acredito que alguém não goste de ler, e sim que esse alguém ainda não encontrou o que gostaria de ler.
    Boa parte dessa aversão a leitura que muitas pessoas têm vem das escolas, que as obrigam a ler livros que as vezes são extremamente estressantes (só a parte de ler por obrigação já os torna insuportáveis).
    Mas enfim, adorei o post. Ideia super bacana a sua. Espero que se torne uma coluna do blog :)
    Beeeijos

    Marina Oliveira
    http://distribuindosonhos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Post muito bom! Realmente muitas pessoas não gostam de ler e o que ajuda pode ser a leitura obrigatória de algumas obras da escola. Eu não tenho vontade de ler alguns títulos justamente por isso. Com atitudes assim, a pessoa não lê com prazer, o que impede que ela tome o gosto pela leitura.


    http://estacao-bio.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Gostei da postagem e bem depois de escutar inúmeras pessoas, principalmente os meus professores e pensar um pouco sobre o assunto além é claro de ler sobre esse tema acho que...

    O mundo está violento sim por isso é mais prático ficar em casa alienado na frente da TV, pois os pais às vezes sem muito conhecimento acha que jogos de vídeo game e TV são boas babás, mas esquecem de ver o que se passa na TV, ou seja, não procura saber o que os meninos e meninas veem.

    E olha que essa semana já li um monte de textos que fala da leitura ou o que ler significa para o estudante. Simplesmente para eles ler é fazer uma leitura em voz alto sem decodificar o conteúdo do texto. Ou seja, ler é para estudar para prova e é uma 'coisa' chata, por assim dizer.

    Os jovens não leem porque não são apresentados a leitura de forma correta e por decorrência de achar que a leitura é chata, a escrita fica desfazada e muito não sabem o que leem e nem escreve...

    Tem outras coisas que até poderiam comentar, mas ia ficar chato ou enorme demais. Agora sobre ler é abrir janela acho que a maioria dos estudantes da minha sala concorda que ler abriu uma nova visão de mundo e para cada um a ideia de ler talvez seja mais do que abrir janela seja uma pequena brecha para conhecer um mundo maior.

    Ufa! Desculpa o mega comentário, mas ia ter mais, porém fico por aqui senão já viu...

    =D

    ResponderExcluir
  5. q lindo esse texto. bem incentivador.... o livro realmente eh importante para nos abre mts portas

    ResponderExcluir
  6. Igor! Adorei o post, espero que você decida deixar como coluna.

    Mas deixa eu falar um pouco sobre o que acho desse assunto...

    Realmente, os jovens de hoje dia não dão o devido valor aos livros, o que pra mim é muito triste. Hoje em dia é muito complicado encontrar leitores ativos como antes. Tiro por mim mesmo, onde estudo pouca gente ler livros como nós da blogosfera.

    Não sei se só eu que percebo isso, a maioria dos leitores jovens que leem são meninas. KK É complicado discuti assuntos literários com meninos não é? Mas isso não atrapalha em nada.

    Adorei a ideia do post, acho que você pode levar pra frente. Concordo com os comentários acima, principalmente com o Túlio e da Suellen que falaram sobre as escolas que passam títulos forçadamente. Isso acaba com o prazer da leitura!

    É isso, abraços.

    ResponderExcluir
  7. Adorei a ideia do post !

    E acho que assim , os jovens da atual geração não tem o hábito de ler por uma bola de motivos, assim, os jovens entre 14 e 18 anos nasceram bem no período em que começou no Brasil aquela de pai e mãe trabalhar fora, então como os pais não estavam em casa os filhos acabavam migrando para a tv e com o passar do tempo para a internet, tipo, quando eles eram crianças não tinham a presença dos pais os incentivando a ler e na escola isso ocorria meio que de uma forma forçada ou então, nos piores casos, isso não ocorria, ai o que acontece ? Se cria um jovem sedentário que só sabe ver tv e/ou ficar na internet e que acha que ler um livro é perda de tempo ¬¬' . Então tipo para resolver isso os pais tem que desde de pequenos criar o hábito de ler em frente aos seus filhos, mas ler livros legais, nada de ficar lendo a página de polícia do jornal :s e tbm ler para os seus filhos, ler nem que sejam duas páginas de Peter pan antes de a criança dormir *-* , tá valendo até a bíblia... rs' , por que assim a criança vai ficar habituada com isso e com o passar do tempo vai começar a querer ler pelo amor a leitura . É tão simples né ? Mas cara os pais da atual geração, principalmente de 2000 para cá, não ligam mais para isso ! Põe o filho no mundo para a babá que espanca criar ou então para a professora e escola e avá não é obrigação da professora criar filho dos outros né ? Quando se está lá na escola ela vai incentivar a criança a ler e tals, mas do que adianta ela fazer isso se quando o pequeno chegar em casa ver os pais se matando, não dando nem um chum para ele e empurrando ele para a frente de um video game ou então de um pc ? Não vai valer de nada !
    Resumindo, tudo começa da educação que os pais dão para o filhos !
    Ok, a culpa tbm não é totalmente dos pais, tem gente que mesmo com isso não gosta de ler ¬¬' , mas ai já é mais difícil encontrar pessoas assim >< , a maior parte dos 'problemas' começa pelos pais mesmo u_u


    Falei demais :x , sorry ^^'


    Bjim

    ResponderExcluir
  8. Que texto lindo, Igor! Pode transformar o post em coluna fixa que com certeza serei uma leitora assídua!
    Concordo com você, é uma pena que haja uam porcentagem tão grande de pessoas que não lêem e também acho a leitura transformadora!
    Mas tenho fé de que essa situação, aos poucos, está se motivando, em grande parte graças aos blogs que conseguem despertar pelo menos a curiosidade da leitura!
    Parabéns, adorei o texto!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Excelente artigo. Realmente, tem muita gente que não aproveita o prazer da leitura. Na verdade, muita gente que nem mesmo conhece o prazer de uma leitura, porque eles não foram nem mesmo apresentados a um livro. Triste. Espero que o recado ecoe para muita gente!!

    ResponderExcluir
  10. Falando seriamente, você escreve tão bem '-' a leitura vai fluindo e não cansa nem um pouco. Eu particularmente não gosto muito de ler no computador, mas os seus textos não precisam de esforço algum! Gostei mesmo :) E eu concordei com tudo que você disse, acho que poucos prazeres se assemelham a um livro bom. Ou a algumas boas páginas. Livro é livro e ponto.

    ResponderExcluir
  11. Oi Igor!

    Primeiramente, muito obrigada pelas visitas ao meu blog.

    Eu AMEI o seu texto!

    Fiquei chocada com o dado estatístico, mas acredito nele. Trabalho em uma escola e, sempre que posso, estou lendo algum livro. Os alunos ficam abismados quando olham a cena e fazem mil perguntas.

    Estou seguindo.

    Beijos!

    Mari | http://brincandocomlivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. É verdade, poucos jovens hoje pegam realmente um livro na mão para ler... Muitos dão valores a festas, farras, enquanto ler fica como segunda opção... Para mim, com certeza ler é abrir janelas! ^^

    Beijos
    aritmeticadasletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Own. Adorei o post!
    Eu concordo com tudo que você disse, ler tem que ser prazeroso e divertido e deveria fazer parte da realidade de mais jovens e crianças.
    Mas, o que acontece é que em muitas famílias não há esse hábito pela leitura. Cito como um exemplo eu mesma que nunca fui incentivada mas que quando comecei a ler, virou vício. Ainda não sei como aconteceu essa minha mudança por interesse em livros mas, sinceramente, hoje não me vejo de modo diferente. Como você mesmo disse, para mim, ler é abrir janelas.

    Beijocas,
    Thais P.
    http://thaypriscilla.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Oi oi

    Eu tinha lido esse post duas vezes e fiquei sem saber o que comentar. Não que o assunto seja complexo ou coisa do tipo, mas justamente por ser algo tão real e que sempre bate na minha porta. Digo isso porque tenho experiência com crianças que preferem bricar com bonecos e video game e simplesmente detestam ler.
    Já perguntei diversas vezes o motivo desse ódio tão profundo e a resposta é quase sempre a mesma: É chato ler.
    E o motivo disso? Simplesmente preguiça de pensar, ou apenas falta de prática. Pensar no sentido de formular no imaginário toda a história contada nos livros. Mas isso é simples quando se trata de crianças, já que é fácil estimular o lúdico.

    Mas o grande problema da questão é... adolescentes e adultos que simplesmente sentem a mesma preguiça/dificuldade de exercitar o lúdico, mas isso durante anos!O negócio fica realmente enferrujado e torna-se, de fato, cansativo no começo.

    Muito bom o tema do post.

    XoXo

    Samantha Monteiro
    Word in my bag.
    http://wordinmybag.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Isso concordo ja até falei no blog, se todos lessem pelo menos um livro por ano, o Brasil seria diferente.

    gostei demais do blog, parabens

    abraços

    Philip Rangel- Entrando Numa Fria

    ResponderExcluir
  16. Ei Igor! Adorei o post. Realmente, muitos jovens preferem ficar sedentários e alienados em uma TV, do que descobri novos mundos nos livros. É um pena mesmo. Espero que se torne coluna, você escreve muito bem.

    Atitude Book.

    ResponderExcluir
  17. Parabens pelo post.
    Concordo com voce. Essa realidade atual precisa ser mudada. Os jovens de hoje precisam aprender a ler mais. Eles mal sabem o quanto e' bom ter um livro nas maos e embarcar numa historia.

    bjs.

    http://booksandmuchmore.blogspot.com

    ResponderExcluir
  18. Muito digno o seu post. Porque realmente a leitura além de te oferecer um mundo novo, te ensina coisas que no dia-a-dia ficaria muito difíceis aprender. Sem contar a mãozinha que ele te dar nas aulas. Porque Queridos, se você não sabe interpretar um texto, você se ferra até em MATEMÁTICA!
    Acredito também que o livro é um patrimônio que deve ser repassado, eu mesma tive a incrível experiência de ver alguém que nunca leu um livro na vida, se empolgar com o livro e foi emocionante. Bom sem mais delongas, acho que devemos pegar pesado nas campanhas de divulgação de que Ler abre, não somente, janelas, como portas, caminhos, entre outras coisas.
    Beijos, Caah ♥

    @Camilla_Leitte
    http://sonhosentrepontinhos.wordpress.com

    ResponderExcluir
  19. Eu acho que é uma coisa que vem de casa. Meu pai sempre comprava jornal e quando eu aprendi a ler passei a ler, e lia também os gibis da Turma da Mônica que ele gostava de ler. Desde daí eu não parei mais, e atualmente estou lendo O Morro dos Ventos Uivantes, que era um trauma pois na primeira vez que li não consegui entender.
    Enfim, quando a pessoa é acostumada desde pequena com as letras vai gostar daquilo e não largar mais. Minha irmã tem oito anos e também lê muito, adora ler.
    Ler pra mim é viajar....

    backstage-gi.blogspot.com
    P.S.: cara, eu adorei aqui, se me der a honra de ter sua visita...

    ResponderExcluir
  20. Oláa...Na quarta feira, dia 28, vou lançar uma promoção no blog para quem comentou na resenha do livro Não Deixe o Sol Brilhar em Mim, vou sortear dois marcadores autografados. E o sorteio será dia 6 de outubro. Quem já comentou lá, já está participando. Como você comentou, já está concorrendo. Se caso não quiser participar da promo, me avise para mim tirar o seu nome da lista. E se puder, gostaria que me enviasse seu e-mail, para caso você ganhar eu ter como avisar. (se preferir, pode mandar seu e-mail para meu endereço: trilhasculturais@gmail.com). Bjusss.

    Comentarei aqui sobre o post logo mais, estou agora avisando o pessoal :)

    ResponderExcluir
  21. Oi, Igor ^^

    Nossa, essa coluna está demais. Adorei isso.
    Nos faz pensar em como está sendo dificil o manter a leitura, já que as pessoas hoje em dia estão preferindo outras coisas em vez de um bom livro :)
    Como vc disse, eu também gosto da internet e tals, mais clora que prefiro livros \O/

    AMEI! Está demais =]

    Beijos:*
    Natalia.
    http://musicaselivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  22. Oiii! Concordo com vc, mas acredito que o cenário vai mudar... Vemos hoje um maior interessa das pessoas em ler, vejo isso quando pego o metrô e o vagão sempre tá cheio de gente lendo, obras das mais variadas... E engraçado que a maioria são jovens, buscando ficar por dentro das modas que todo mundo fala (vemos Harry Potter e Crepúsculo). Tenho fé de que um dia as coisas vão ficar melhor, pq dá pra conciliar livros, jogos, tv, internet e trabalho...
    Bjos e sucesso.
    Lilo
    Redenção

    ResponderExcluir
  23. É sempre bom incentivar a leitura, post útil.
    abs

    ResponderExcluir
  24. Adorei o seu texto! Realmente, a juventude não lê livros como antigamente, geralmente peferem a internet ou mesmo a televisão. Eu, particularmente, não gosto de ver televisão, sei la porque! Prefiro um bom livro.
    Mas também acho que agora, depois de Crepúsculo, principalmente, muitas garotas estão começando a ler, e isso é bom!

    Beijos,
    Abrigo Literário.

    ResponderExcluir
  25. Há uns dois anos atrás eu não gostava de ler. Em 2009, com o sucesso de "Crepúsculo' me aventurei na leitura dessa série e assumo que é por causa dela que me viciei na leitura. Eu não consigo me imaginar indo para um lugar sem meu companheiro livro. Acho que todos deveriam ler um livro e é triste que ainda existe pessoas que não leêm. Ler é um ato tão bom e é um ótimo meio para fugir da realidade.
    Eu simplesmente adorei o seu texto! Parabéns!
    Beijos ;*

    Ana Carolina
    http://loucospor-livros.blogspot.com

    ResponderExcluir

 
Layout desenvolvido e editado por Igor Gouveia